quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Apresentação

Não espere de mim uma apresentação. Não espere espelho, auto-retrato, não sou dessas que passa a mão na cabeça, seja pelo erro ou pela tristeza, do mesmo jeito que não quero isso dos outros. Não aguardo a sua aprovação ou rejeição. Não sou perfeita e não sou torta, sou pessimista e crítica, tudo ao mesmo tempo. Não quero conselhos furados e não pretendo ser você, condeno e aprecio porque raciocino. Não sou máquina, não sou poeta, não sou atriz, sou feliz às vezes, triste tantas outras. Eu sou eu, pura e simplesmente.

Nenhum comentário: